Dicas Essenciais
Com esta pirâmide, dividida em grupos alimentares, poderá guiar a sua alimentação de uma forma mais equilibrada, nutritiva e saudável.

Como começar?

Vídeos dos nossos parceiros, com algumas dicas essenciais, para descobrir como começar este desafio.
10 dicas para iniciar uma alimentação vegetariana | Sandra Gomes Silva

Processando vídeo...

Carregue aqui para ver mais da Dr.ª Sandra Silva
48. Como Montar Um Prato Vegetariano

Processando vídeo...

O Carnismo e as suas consequências

Processando vídeo...

Carregue aqui para aprender mais sobre Carnismo

Dicas para iniciantes

É iniciante nestas "andanças"?

Não tem problema, cada um leva o seu tempo e faz o seu caminho.

Dicas da Parceira: Luísa Ferrari

"Quero ser vegana/o mas não consigo"

Processando vídeo...

  1. Google é o seu melhor amigo para receitas tradicionais
  2. Grupos no Facebook para informação
  3. Ajuda profissional de um nutricionista
  4. Contas vegetarianas no Facebook e Instagram
  5. Canais do Youtube
  6. Expanda os seus horizontes e esteja aberto a novos sabores.
  7. Procure ONGs ou outras organizações que defendem a alimentação vegetariana


Carregue aqui para ver mais vídeos da Luísa!

Feijão vs Carne

Comparação entre o feijão e a carne:
o preço e a qualidade nutricional.

Um artigo da Nutricionistra Dr.ª Sandra Gomes Silva, d'O Vegetariano. 
Leia aqui!

 "Essa é uma das principais dúvidas entre os novos vegetarianos. É muito prudente e importante cuidar do planeamento adequado para uma dieta vegetariana, mas esta pergunta incorre nalguns erros. O primeiro deles é a ideia de que o ajuste no cardápio para adequação a uma dieta vegetariana seria algo tão simples quanto a substituição de um alimento por outro. O outro erro é o aparente entendimento de que a carne precisa de ser substituída. 

Os nutrientes habitualmente fornecidos pela carne (proteína, ferro, vitaminas do complexo B...) devem receber o cuidado de estarem contemplados na dieta vegetariana, mas o equívoco está na falsa premissa de que a carne seria a principal fonte destes nutrientes e de que os outros alimentos seriam apenas um complemento ou uma “substituição”. Tanto no que diz respeito às proteínas, quanto no que diz respeito ao ferro e aos outros nutrientes fornecidos pela carne, podemos encontrar fontes tão boas ou até superiores nos alimentos de origem vegetal. (...) "

Continuar a ler...

Substitutos dos ovos

Existem várias formas de substituir os ovos em receitas doces e salgadas. A imagem mostra algumas das subsituições que pode fazer para bolos. 

Abaixo, estão algumas dicas de exemplo para outros tipo de utilização.


Ovos mexidos.

  • Fritar numa frigideira tofu esmagado com açafrão, sal preto (o sal preto dá sabor a ovo) e pimenta. 


À Brás:

  • Usar natas de soja de forma a obter a consistência desejada.


Claras em castelo:


Fermentados e germinados

Pela Nutricionistra Drª. Magda Roma

Tendo funcionalidades diferentes mas podendo ser utilizados, no final, de forma idêntica temos os germinados e os fermentados.Os germinados e brotos resume-se à  capacidade de uma semente conseguir dar origem a uma haste, numa fase inicial (germinado), a um caule e folha na fase final (broto). (...) Continua.

Descobre mais aqui! 

Como preparar leguminosas?

Por O Vegetariano - Nutricionistra Drª. Sandra Gomes Silva 

As leguminosas, como feijão, grão-de-bico, ervilhas, lentilhas e favas são alimentos que devem fazer parte da nossa alimentação diária.

São alimentos de origem vegetal, ricos em proteínas, fibras, vitaminas e minerais. São também excelentes substitutos da carne, quer para quem faça uma alimentação vegetariana, quer para quem só queira variar um bocadinho.

Descubra mais aqui! 

Leites vegetais!

Existem vários tipos de leites vegetais que facilmente podes fazer em casa, e além de não terem tantos conservantes, terão com certeza, um sabor muito mais apurado e natural.

Neste post, pode aprender a fazer vários tipos diferentes de leites vegetais, desde aveia, passando pela soja, e com o leite de arroz, o amendoim e a amêndoa pelo meio. 

Dica da Veganisa - Veja mais dicas destas aqui!

Como fazer uma refeição simples e acessível?

Uma refeição vegetariana não tem que ser um "bicho de sete cabeças".
Pode fazer uma receita com ingredientes simples e obter uma refeição bastante completa.

Feijoada

Com ingredientes básicos que encontra em qualquer lado.

Lata de feijão preto, também poderá usar seco mas deve ser demolhado e cozinho antes + arroz (podendo usar outro tipo de arroz como integral + legumes variados, podendo usar poucos ou muitos, recomendado será courgette, cenoura, couve. Tempere bem com diversos temperos ou masala.

Simples, rápido, prático e nutritivo, uma refeição totalmente vegetariana. 

Caso queira "apimentar" poderá utilizar pedaços de seitan e/ou chouriço vegetariano.
 

Caril de grão de bico

Com ingredientes básicos que encontra em qualquer lado.

Lata de grão de bico, também poderá usar seco mas deve ser demolhado e cozinho antes + arroz (podendo usar outro tipo de arroz como integral + legumes variados, podendo usar poucos ou muitos, recomendado será courgette, cenoura, couve flor. 

Simples, rápido, prático e nutritivo, uma refeição totalmente vegetariana. 

Caso queira "apimentar" poderá utilizar tofu cortado aos pedaços e leite de coco para dar um sabor mais gostoso.
 

Alho francês à brás 

Com ingredientes básicos que encontra em qualquer lado.

Batata palha ou frita + legumes como alho francês, cebola, azeitona.

Simples, rápido, prático e nutritivo, uma refeição totalmente vegetariana. 

"Tofu, o Grande Bloco Branco:
Saiba Como Enfrentá-lo"

Dr. George Guimarães, nutricionista especializado em dietas vegetarianas

"O tofu é em alimento feito a partir dos grãos da soja e o seu processamento o torna um alimento mais concentrado e nutritivo do que o grão original. Ele é aquele bloco grande, branco e gelado que você já viu algumas vezes no supermercado e se perguntou como comê-lo. Apesar de não ser conhecido pala maior parte da população, o tofu é um excelente alimento, rico em ferro, cálcio, proteínas e outras substâncias de interesse à saúde, como as isoflavonas, por exemplo. Apesar de ser muito nutritivo, o tofu é um alimento de baixas calorias. (...) 

1. Identifique a origem do seu medo. 

As possibilidades mais prováveis são as seguintes: 

 a) Você teme acostumar-se com o seu uso e não conseguir encontrá-lo quando estiver viajando em alguma cidade distante. 

 b) Você teme que, por ser um alimento que reúne características que previnem a ocorrência de doenças crônicas e degenerativas, o tofu possa prolongar a sua vida de forma que você viverá mais do que o/a seu/sua companheiro/a e você não deseja vê-lo partir antes de você. Saiba que você pode persuadir a sua cara metade a enfrentar o grande bloco branco junto com você. 

 c) Você teme que, ao comer muito tofu, se sentirá compelido a participar de alguma seita reservada a pessoas estão associadas ao consumo de alimentos pouco convencionais. 

2. Escolha o tipo de tofu mais adequado ao seu nível de preparo. 

Você vai descobrir que o tofu vem em diferentes tamanhos, embalagens e consistências: 400 g, 500 g, blocos enormes de 1 kg, sacos plásticos, caixinhas, mole, quase mole, duro, muito duro, seco, defumado... Isso já torna as coisas bem mais fáceis, não é? Nesse momento, você começa a notar que são bastante grandes as possibilidades de haver afinidade entre vocês. Mas vá com calma. 

Comece com os de consistência mais dura, que desmancham menos durante o preparo e servem para substituir as preparações com as quais você já está mais familiarizado. 

3. Abra a embalagem e toque nele (essa é a minha parte favorita). 

Atenção, esse é um momento crucial na relação Você está indo bem até aqui: conheceu-o e levou-o para casa achando que podem ser felizes juntos. Mas esse é o seu primeiro momento de verdadeira intimidade com o alimento e, como acontece no início de qualquer relacionamento, pode ser um momento decisivo. Já que ele se limita a colocar-se à sua frente de maneira fria e pálida, cabe a você aproximar-se dele. Acredite, vocês têm tudo para serem felizes juntos. Você descobrirá que ele, na verdade, é muito agradável, versátil, macio e úmido. 

4. Experimente-o de formas diferentes (na verdade, é essa a minha parte favorita). 

O tofu pode ser grelhado, frito, assado, pode ser amassado, batido, liquidificado, fatiado. Tempere-o como preferir. Não é necessário qualquer manual de instruções. Tenha em mente que a sua versatilidade está não apenas nas transformações que a sua consistência proporciona, mas também na sua aptidão a receber todos os tipos de temperos. Experimente-o com os temperos mais simples e também com os mais exóticos. Faça dele o ingrediente principal dos seus pratos mais elaborados e também dos lanches mais simples. Simplesmente amasse-o e acrescente azeite e ervas e estará pronto o recheio dos sanduíches que você levará para o trabalho ou para o passeio. Corte-o em pequenos cubos e tempere com molho shoyu e você terá o complemento ideal para o seu jantar ou piquenique. 

Logo você constatará que não consegue mais parar de pensar em comê-lo, seja em casa, no trabalho, na rua, nas festas, no carro, no gramado... Jamais uma refeição parecerá completa sem a presença dele. Pesquise os muitos livros de receitas que ajudarão a apimentar a relação entre vocês. Quando se trata do tofu, as possibilidades são infinitas!"

Fonte: NutriVeg 

Queijo vegetal de Caju e Tapioca

Ingredientes: 

  • ½ copo de cajus (80g)
  •  1 copo e meio de água
  •  ¼ copo de farinha de tapioca/ tapioca brasileira 
  • 1 colher de sopa de levedura nutricional* 
  • 1 colher de sopa de sumo de limão 
  • 1 colher de chá de sal marinho fino 
  • ½ colher de chá de alho em pó 
  • 1 colher de café de pimenta preta moída 
  1. Deixar os cajus de molho em água de um dia para o outro, ou pelo menos durante duas horas.
  2. Num processador, colocar todos os ingredientes e triturar na velocidade máxima por dois minutos.
  3. Verter esta mistura num tachinho e levar ao lume médio por 5 minutos, mexendo sempre.
Receita da Nutricionista Drª. Sandra Gomes Silva / O Vegetariano - Encontra mais receitas no blog ou no Facebook!

Maionese simples e rápida

  • 1 pacote pequeno de leite de soja (400ml) 
  • óleo vegetal até engrossar
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher de vinagre
  • sal a gosto
  1. Colocar o leite, dentes de alho, vinagre e sal num copo de batedeia.
  2. Ir adicionando o óleo aos poucos enquanto tritura tudo com varinha mágica.
  3. Adicionar óleo vegetal até estar com a consistência desejada.
♡ VEGAN // EASY & QUICK MAYO♡

Processando vídeo...

Receita de Mafalta Camacho - Encontra mais receitas aqui!

Receita de queijo vegano de batata

Ingredientes: 

  • Batatas
  • limão
  • Azeite
  • Povilho azedo 
  • Sal

Veja as instruções no vídeo.

Receita de Queijo Vegano de Batata (4 ingredientes) #tastytuesday

Processando vídeo...

Receita de Rafael Pinto - Encontra mais receitas aqui!